Notícias

Automóveis: a sua escolha testada por nós

30 abril 2014 Arquivado

30 abril 2014 Arquivado

Francisco Ferrão, 26 anos, do Porto, questionou-nos sobre o Mazda 3. Convidámos o nosso associado para se juntar à nossa equipa num test-drive e apresentámos os resultados do nosso teste.

Francisco acompanha as nossas notícias no Facebook e reagiu rápido a uma das publicações sobre testes a carros. Pediu-nos ajuda para decidir se troca o seu Mazda 2 com 5 anos e 77 mil km pelo novo Mazda 3. O nosso associado está satisfeito com o carro atual, a gasolina, mas pretende um modelo mais eficiente.
Francisco Ferrão com o seu Mazda 2 (à direita) e o Mazda 3 (à esquerda), que pondera comprar.
Francisco Ferrão com o seu Mazda 2 (à direita) e o Mazda 3 (à esquerda), que pondera comprar.

Poupar nos consumos
O primeiro contacto com o Mazda 3 deu-se numa visita ao stande habitual para trocar a pilha da chave do carro. Francisco recebeu mesmo uma proposta do vendedor para deixar o Mazda 2 e sair com o novo, totalmente equipado, por 21 mil euros. “A estética agradou-me desde logo. Em casa, fui confirmar os detalhes”, explica Francisco, que tem por hábito consultar a nossa informação sobre automóveis, com resultados completos das provas de pista e dos testes a mais de 300 critérios em laboratório.

Francisco Ferrão experimentou o Mazda 3 na estrada.
Francisco Ferrão experimentou o Mazda 3 na estrada.

Numa experiência inédita para tornar a informação mais próxima dos nossos leitores, conseguimos juntar a disponibilidade do Francisco e da nossa equipa para um test-drive com o Mazda 3 em primeira mão.

Com Francisco ao volante, Alexandre Marvão, da nossa equipa técnica, no papel de co-piloto, esclareceu todos os dados e resultados do Mazda. “O espaço interior, a qualidade dos materiais, a suspensão e o conforto na condução são impressionantes”, observou o nosso leitor. Até houve tempo para umas dicas sobre um estilo de condução mais poupado: “ao conduzir com as rotações abaixo de 2000 rpm e ao evitar acelerações bruscas nas paragens nos semáforos, por exemplo, reduz os consumos”.

Alexandre Marvão, da nossa equipa técnica, acompanhou o nosso associado.
Alexandre Marvão, da nossa equipa técnica, acompanhou o nosso associado.

Decisão segura
Na nossa avaliação, o Mazda 3 destacou-se pelo generoso espaço à frente e pela considerável autonomia em quilómetros com o depósito atestado. Os especialistas criticam o grande diâmetro de viragem e a falta de versatilidade na bagageira.

O novo Mazda 3 é o terceiro automóvel da marca a utilizar a eficiente tecnologia Skyactiv, que já testámos no Mazda CX-5 e no Mazda 6.

Nesta fase, o modelo é apenas proposto com motor a gasolina de 1,5 litros e 100 cv, associado a uma caixa manual muito competente de 6 velocidades. A versão mais acessível custa a partir de 18 600 euros.

O Mazda 3 é o terceiro automóvel da marca a utilizar a tecnologia Skyactiv que testámos no Mazda CX-5 e no Mazda 6.
O Mazda 3 é o terceiro automóvel da marca a utilizar a tecnologia Skyactiv que testámos no Mazda CX-5 e no Mazda 6.

O Mazda 3 enfrenta a concorrência dos rivais Audi A3 Sportback, BMW Série 1, Citroen C4, Ford Focus, Honda Civic, Hyundai i30, Peugeot 308, Seat Leon e Volkswagen Golf. A escolha não é fácil. Mas, no final da viagem, Francisco Ferrão já tinha uma certeza: a sua decisão será muito mais informada. O nosso associado garantiu ainda que vai seguir a dica de pedir mais propostas a outros standes para negociar. “Só com o envio de alguns e-mails e algumas visitas a concessionários, pode poupar bastante”, alertou Alexandre Marvão.

Se também está num impasse, desafie a nossa equipa para um test-drive. Tentaremos dar uma resposta com os números do nosso teste o mais rápido possível.