Notícias

Aiways U5? Gostámos de tudo no SUV elétrico chinês, exceto do preço

Já conduzimos e testámos o Aiways U5, o primeiro automóvel elétrico da marca chinesa a chegar a Portugal. Custa 46 728 euros. Com materiais e acabamentos de qualidade, revela um desempenho aceitável. Com a bateria carregada, garante uma autonomia real de 300 quilómetros.

20 maio 2022
Aiways U5

O primeiro carro elétrico chinês passou na prova mais dura. Depois do teste completo em laboratório, já  experimentámos o Aiways U5 na cidade. É confortável e muito espaçoso para as viagens em família. Tem bons argumentos para abanar a concorrência no mercado cada vez mais competitivo dos carros SUV elétricos.

Ver seleção de carros elétricos

 

Muito espaçoso e com autonomia razoável

Fundada em 2017, esta start-up chinesa estreia-se em Portugal com um carro 100% elétrico razoável e capaz de agradar à maioria das famílias. O Aiways U5 exibe um habitáculo e um espaço de carga à medida das famílias. Condutor e passageiros dispõem de muito espaço e conforto. Nos bancos traseiros, o espaço de pernas impressiona os ocupantes mais altos.

O design não o destaca da concorrência, mas os materiais e a construção são excelentes, ao nível dos automóveis de marcas com mais experiência, como o Volkswagen ID.4 e o Škoda Enyaq, por exemplo. Tudo somado, o Aiways U5 é um automóvel de qualidade a longo prazo. A marca demonstra uma grande confiança no produto ao apostar no plano tecnológico: apenas requer uma visita à oficina para manutenção depois de percorrer 100 mil quilómetros. Para uma estreia, arrecada uma boa nota global. A condução e a carroçaria também agradaram. Com a bateria de 63 kWh totalmente carregada, o Aiways U5 tem autonomia para viajar 300 quilómetros sem qualquer stresse. Em média, consome 24,7 kWh/100 km em circuitos combinados.

Não apreciámos tanto a complexidade da primeira utilização e o sistema operativo pouco sofisticado, fruto da falta de experiência da marca que começa a escrever a sua história. O carregamento através da tomada mais simples também peca por ser muito demorado.

Prós do Aiways U5

  • Confortável e muito espaçoso.
  • Excelentes materiais e construção.
  • Bom equipamento de segurança.
  • Garantia acima da média com maiores intervalos de manutenção.

Contras do Aiways U5

  • Infoentretenimento com operações complexas e algumas informações genéricas.
  • Não tem porta-luvas.
  • Reduzida velocidade de carregamento em modo AC.
  • Pilares traseiros reduzem visibilidade.

Construção exemplar e bagageira enorme

Por dentro, muitas e boas surpresas: descobrimos materiais de elevada qualidade até agora apenas utilizados por fabricantes de um segmento superior em automóveis muito mais caros. Para um automóvel com 4,70 m de comprimento e 2,10 m de largura (com os retrovisores), o diâmetro de viragem satisfaz: medimos 11,8 metros.

Na utilização diária, penalizámos a porta de carregamento numa zona pouco prática (abaixo da ótica frontal esquerda) e difícil de alcançar.

Entrar e sair do Aiways U5 são operações muito práticas, à frente e atrás. Apreciámos a ampla e elevada abertura das portas, que trazem travões muito fiáveis com três posições. Os bancos da frente ocupam uma posição muito elevada, 60 cm acima do piso da estrada. Há pegas no teto para toda as portas. À frente e atrás, todos encontram muito espaço. O habitáculo é alto e largo: recebe sem qualquer dificuldade consumidores com mais de 1,90 m de altura.

Na bagageira, medimos 370 litros de capacidade real de carga, que ascendem a 1675 litros, se rebater os bancos e encher até ao teto. Com abertura elétrica da porta, a mala exibe um formato prático e conta com um piso inferior de arrumação.

 

Please fill the source and the alt text 
Materiais, conforto e mala surpreendem. A porta de carregamento não é muito prática.

 

Operações pouco práticas

O Aiways U5 dispensa o tradicional botão start-stop para iniciar as operações ou a condução. Foi muito fácil ajustar volante, bancos e espelhos. Com três zonas de informação, o painel de instrumentos é fácil de ler. Para iniciar o carro, basta pisar o pedal do travão, selecionar modo D ou R e arrancar.

Tal como nos carros da Tesla, a ausência de comandos resulta em operações com vários passos (por exemplo, para regular a iluminação ou abrir o teto panorâmico) e pode ser fator de distração para o condutor. Pior: o ecrã tátil é pouco reativo e obriga a pressionar duas vezes ou com alguma força. O computador de bordo é algo limitado, apenas exibindo nesta fase informações da viagem atual.

Na fase do lançamento, a primeira geração do Aiways U5 não conta com funcionalidades online relevantes ou uma app que permita controlar o estado de carga, o processo de carregamento ou o ar condicionado. 

Em junho nas estradas nacionais

Nas provas de estrada, a condução é muito silenciosa, exceto em autoestrada, onde medimos 68,4 decibéis. Apreciámos a resposta e o desempenho do motor elétrico, bem como a condução suave. A travagem é aceitável: a uma velocidade de 100 km/h, precisámos de 36,5 metros para imobilizar o Aiways U5 completamente. Os melhores rivais precisam de menos 3 metros.

O Aiways U5 começa a ser entregue aos clientes em junho, segundo os responsáveis da Astara Portugal. O preço arranca nos 46 728 euros, associado a financiamento. Este é o preço da versão Prime, que apresenta o nível de equipamento mais completo, incluindo sistemas de apoio à condução avançados (cruise control adaptativo e manutenção na faixa de rodagem, por exemplo) e interior com bancos em pele. Para dar mais segurança aos clientes, a marca oferece uma garantia de fábrica geral de 5 anos ou 150 mil quilómetros e 8 anos ou 150 mil quilómetros para o motor elétrico e a bateria (retenção de capacidade mínima de 75 por cento).

No carregamento mais rápido, a bateria do Aiways U5 pode passar dos 20% aos 80% de carga em apenas 35 minutos, com um carregador CCS DC (90 kW). O carregamento doméstico demora 13 horas numa wallbox de 22 kW.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.