Dicas

Correntes de neve para pneus: como instalar

10 agosto 2015
correntes de neve

10 agosto 2015

As correntes são necessárias para uma condução segura em estradas com neve ou gelo. Conheça os diferentes tipos, o preço e como se colocam.

Se transporta as correntes na bagageira, explicamos como colocá-las. Caso ainda não as tenha, ajudamos a escolher entre as várias opções disponíveis.

Corrente metálica clássica
Presa num cabo flexível, a corrente metálica clássica sobrepõe-se ao piso do pneu, fazendo um desenho de linhas paralelas, ziguezagues e losangos.

Ao nível do pavimento, passe o cabo flexível por trás do pneu e ligue as extremidades de modo a formar um anel.

Verifique se o cabo flexível se mantém por detrás do pneu. É preciso que o aro criado pelo cabo fique bem centrado na roda, por detrás desta, para não correr o risco de a roda o pisar em andamento.

Cubra o pneu com a malha da corrente de forma ordenada, soltando-a na parte exterior.

Una as extremidades para fechar a malha e aperte o conjunto. Passe os extremos da corrente através dos anéis, respeite os caminhos e encaixes mencionados nas instruções e deixe o conjunto bastante tenso.

Quanto mais apertadas as correntes, maior a aderência. Se tiver tensores de autobloqueamento, não precisa de parar o carro várias vezes para as fixar. Caso contrário, verifique regularmente a tensão das correntes ao longo da viagem.

Corrente têxtil
Feita de tecido (tela) especial com propriedades antiderrapantes. Envolva a parte que não se encontra em contacto com o piso (parte de cima) do pneu, avance um pouco o carro e cubra a roda por completo. A instalação da corrente têxtil é muito simples, mas a aderência é menor e a duração da tela limitada.

Existem outros sistemas mais caros, úteis para quem vive em zonas frias, como as correntes de lâminas, que se acoplam à jante, ou os pneus de inverno, para instalar durante os meses de maior risco.

Dicas para instalar
Use correntes adequadas para o tamanho dos pneus e coloque-as sempre nas rodas de tração, situadas, quase sempre, à frente.

Leve um tapete, luvas para o frio, para proteger as mãos, e uma lanterna, caso precise de instalar as correntes durante a noite.

Tente montar as correntes durante o dia, com tempo favorável, para evitar eventuais dificuldades na operação quando as condições climatéricas são adversas.

O comportamento do carro altera-se quando usa correntes, por exemplo, a distância de travagem é superior. Conduza com suavidade e não exceda os 50 quilómetros por hora.

Preços
Corrente clássica ou têxtil: a partir de € 50 o par.