Dicas

Comprar carro online: o que precisa de saber

Comprar carro online é uma alternativa rápida e segura. Mas, antes de escolher um modelo e fechar negócio, saiba que cuidados deve ter para evitar dissabores.

  • Dossiê técnico
  • Magda Canas
  • Texto
  • Ana Rita Costa e Alda Mota
29 março 2021
  • Dossiê técnico
  • Magda Canas
  • Texto
  • Ana Rita Costa e Alda Mota
Comprar carro online

iStock

Comprar um automóvel é uma decisão importante. Além do elevado investimento financeiro e das formalidades habituais, a escolha de um carro exige alguns cuidados. Se estivermos a falar de comprar um carro online, é ainda mais importante que tenha atenção redobrada e tome algumas precauções. Não existem fórmulas mágicas, mas se tem dúvidas sobre como comprar um carro online, estas dicas são para si.

Qual a diferença entre comprar um automóvel online ou outro bem?

Tipicamente, o preço de um automóvel é mais elevado do que o de qualquer outro bem que possamos comprar online, mas as diferenças não ficam por aqui. Se noutro tipo de bens as exigências quanto à descrição do produto são importantes, no caso da compra online de um carro estas ainda são mais. Fotografias claras e devidamente identificativas do carro, informações precisas quanto a marca, modelo, número de quilómetros e de portas, tipo de caixa, data do registo, descrição do histórico, informação sobre as inspeções, cilindrada, combustível, extras, entre outros, são informações determinantes para a tomada de decisão do consumidor e devem ser disponibilizadas pelo vendedor na loja online ou plataforma na internet.

Não se esqueça das despesas administrativas

Por outro lado, na maioria das compras através da internet, a indicação do preço total comporta os impostos e os custos de envio. Já nos automóveis, a indicação do preço total pode ter outro tipo de componentes além desses. Se as despesas de registo e as administrativas, de limpeza, abastecimento e os custos inerentes à entrega estiverem incluídos no preço, isso deve ser claramente referido no anúncio.

Teste o carro antes de comprar

Outra grande diferença é que, pelo facto de o negócio ser feito à distância de um clique, o consumidor pode não conseguir ver pessoalmente e testar o carro antes de o comprar. Contudo, antes da compra de um automóvel, é importante que o consumidor faça um test drive. Se o site no qual está a pensar comprar o seu veículo disponibilizar essa possibilidade, deve esclarecer em que termos é que o test drive pode ser realizado.

Saiba que serviços são prestados pela loja e como pode pagar

Além disso, é comum os stands de automóveis assumirem todos os aspetos burocráticos nas transações de automóveis, nomeadamente o pedido de registo de propriedade quando há uma transferência da propriedade do veículo, pedido de registo com reserva de propriedade, pedido de cancelamento de registos, entre outros. Esclareça se esses serviços são prestados pela loja online ou pela plataforma na internet, para saber com o que conta.

No que diz respeito ao pagamento, os meios disponibilizados online também podem ser diferentes dos que teria ao seu dispor num stand. O MB Way, por exemplo, tem limites de montantes nas transações. Por isso, é provável que não haja este meio de pagamento. Verifique se algum dos meios disponíveis é do seu interesse e está ao seu alcance.

É, também, frequente que a compra de um automóvel requeira a contratação de um crédito ao consumo. Tente saber se a loja online ou a plataforma na internet onde está a pensar fazer a compra tem algum parceiro que o facilite, mas não deixe de consultar as outras opções disponíveis no mercado.

Acautele os seus direitos

Relativamente à garantia, podem existir diferenças entre a aquisição de um automóvel online e outro tipo de bem. Embora nos bens móveis a garantia seja de dois anos, podendo as partes acordar na redução até um ano, é frequente que nos automóveis se publicite uma garantia mais ampla, mas não deixe de verificar quais as exigências pedidas em troca. Os sites que vendem automóveis ou que servem de base para a venda de automóveis devem ser claros quanto ao prazo de garantia oferecido.

Por outro lado, o direito de livre resolução no prazo de 14 dias, que assiste ao consumidor nas compras online, assume diferenças se estivermos a falar da compra de um automóvel à distância. Enquanto noutras lojas online a resolução se opera com uma mera comunicação, devolução do bem e devolução do dinheiro, numa loja de automóveis online é habitual haver regras quanto ao exercício do direito de livre resolução, como é o caso de um número limite de quilómetros a partir do qual o consumidor fica obrigado a ressarcir o vendedor, ou a exigência de o depósito vir com uma determinada quantidade de combustível. Confirme os termos em que a resolução poderá ocorrer.

Loja online ou plataforma: qual a melhor opção?

A grande diferença entre uma loja online e uma plataforma de venda de automóveis é o modelo de negócio usado.

Uma loja online funciona como um stand físico, embora o negócio seja totalmente feito à distância. Assim, uma loja online tem a sua própria carteira de veículos e é responsável por todas as informações divulgadas no site. Por não existir a intervenção de terceiros, a loja online tem a responsabilidade de divulgar, de forma simples e clara, os termos e condições da venda, os aspetos relativos ao tratamento dos dados pessoais, as informações associadas à garantia e ao direito de livre resolução, as formas de pagamento colocadas à disposição dos consumidores e o modelo de entrega dos automóveis. As lojas online de venda de automóveis devem também permitir a apresentação de reclamações, uma vez que desenvolvem uma atividade abrangida pelo regime jurídico do livro de reclamações.

A grande vantagem face às plataformas é que as lojas online disponibilizam toda a informação necessária no ato da compra num único local, o que facilita o processo. Contudo, nos casos em que a venda se faz exclusivamente à distância, uma loja online não possibilita qualquer contacto presencial, à exceção do test drive e da entrega do automóvel.

As plataformas, por outro lado, não vendem diretamente os automóveis. São apenas uma montra online de veículos que pertencem a vendedores. Aqui, os vendedores podem divulgar, através de anúncios, os automóveis que têm para vender, e os negócios podem realizar-se à distância ou presencialmente, consoante as circunstâncias. Além disso, os aspetos diretamente relacionados com a venda são da responsabilidade de cada vendedor. É o caso, por exemplo, da garantia, do direito de livre resolução nas compras realizadas à distância, dos meios de pagamento, das formas de entrega e das reclamações.

Isto significa também que uma plataforma não conta com as mesmas exigências de uma loja online, quanto ao conteúdo disponibilizado no site. Apesar disso, a entidade gestora deve estar corretamente identificada, os contactos devem ser convenientemente divulgados e os termos e condições – assim como informações relativas ao tratamento de dados pessoais – devem estar claros e acessíveis.

Por outro lado, e ao contrário do que acontece nas lojas online, se comprar através de plataformas, o consumidor não dispõe da informação toda reunida num único local. Na maioria dos casos, para poder usufruir de todas as facilidades de navegação, precisa de se registar na plataforma. Ao selecionar o veículo pretendido, tem de contactar os respetivos vendedores para obter a informação necessária. Já no que diz respeito à contratação de crédito ao consumo, podem não existir diferenças significativas em ambos os cenários, já que há sempre a intervenção da entidade que presta o crédito.

Que cuidados ter na compra de um carro online?

  • Proteja o dispositivo através do qual fará a compra e garanta a segurança da rede utilizada. Se existir um cadeado na barra de navegação ou na barra inferior da janela, ou se o endereço do site começar por "https://", à partida, é um site seguro.
  • Procure informações sobre a loja online ou plataforma. Ao visitar o site, verifique se está perante uma loja ou uma plataforma. A forma de navegar e avançar com as operações é diferente.
  • Verifique se a identificação da entidade responsável pelo site está correta e completa e se existem contactos telefónicos e eletrónicos. Caso se trate de uma plataforma, é igualmente importante a verificação de todos os dados sobre o vendedor responsável pelos anúncios selecionados. A possibilidade de apresentar reclamação deve estar assegurada.
  • Os termos e condições podem ser extensos, complexos e pouco claros para um consumidor comum, mas se quer mesmo comprar um veículo online não deixe de os ler atentamente. Se tiver dúvidas, procure esclarecer-se diretamente com o site.
  • Os esclarecimentos relativos ao tratamento de dados pessoais não são meramente informativos. É extremamente importante que os leia atentamente, que conheça os seus direitos, que saiba quem é o responsável pelo tratamento dos dados pessoais e como pode contactá-lo.
  • Ao selecionar o automóvel, deve verificar se tem acesso a todas as informações relevantes sobre o mesmo, bem como sobre a composição do preço, as condições oferecidas para a garantia, os meios de pagamento possíveis e a forma de entrega proposta. Se estiver interessado em realizar um test drive, deve tentar saber se é possível e em que termos pode ser feito.
  • Se precisar de contrair crédito para a aquisição do automóvel, há lojas e plataformas que facilitam o acesso. Deve comparar a proposta apresentada pelo parceiro do site com as propostas recolhidas junto de outras instituições de crédito, porque nada o obriga a contratar com a instituição parceira do site.
  • Se se tratar de uma loja de automóveis online, deve tentar saber se a loja se encarregará dos aspetos burocráticos. Se estiver perante uma plataforma, sugerimos que contacte diretamente o vendedor para esclarecer essa dúvida.
  • Será necessário contratar seguro automóvel, por isso, procure as alternativas disponíveis no mercado e simule antes de tomar uma decisão. A Proteste Seguros disponibiliza um simulador de seguro automóvel.
  • Se a compra decorrer à distância, tente esclarecer em que termos poderá exercer o seu direito de livre resolução.
  • Os cuidados não acabam depois da compra. A documentação relativa à transação, os documentos do automóvel, a fatura, o comprovativo de pagamento e a correspondência física ou virtual que tenha sido trocada entre si e o vendedor, devem ser cuidadosamente guardados depois do negócio.

Como reclamar de problemas com a compra de carro

Se comprar um carro através de uma plataforma, à partida, qualquer reclamação deverá ser apresentada diretamente ao vendedor. A atividade que deu origem à reclamação é desenvolvida pelo próprio vendedor, pelo que é este que terá de lhe dar resposta.

Em caso de conflito, pode usar a nossa plataforma Reclamar para expor a situação. O caso será enviado para a empresa com o nosso apoio.

Reclamar

Se, por algum motivo, sentir que os seus direitos foram postos em causa, pode sempre apresentar uma reclamação, já que o livro de reclamações é obrigatório para todos os setores económicos.

A apresentação de reclamações dirigidas a uma loja de automóveis online é um procedimento relativamente simples, uma vez que esta atividade é abrangida pelo regime jurídico do livro de reclamações. Quer exista loja física que preste apoio ao site, quer só exista loja online, a entidade em causa é obrigada a disponibilizar o acesso ao livro de reclamações eletrónico.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.