Como testamos

Carros usados: como comparamos

15 fevereiro 2018
fiabilidade automovel

15 fevereiro 2018
À procura de um carro usado? Veja como calculamos o índice de fiabilidade e a satisfação dos consumidores para mais de 500 modelos de automóveis.

Para construirmos o comparador de carros usados, obtivemos o contributo de 100 mil consumidores que partilharam a experiência com o carro que utilizam. O estudo, realizado em vários países europeus, permite calcular diferentes resultados.

Índice de fiabilidade

A fiabilidade do modelo tem em conta o número e a gravidade de problemas reportados, a idade do veículo e os quilómetros percorridos. Numa escala com a pontuação máxima de 100, quanto mais alto for o valor, mais fiável é o carro.

Consumo médio

O consumo médio de combustível para cada veículo é indicado pelo consumidor.

Satisfação global

A média de satisfação é apresentada numa escala de 1 a 10 (em que 10 é a pontuação máxima).  

Satisfação em 7 parâmetros 

Também apresentados numa escala de 1 a 10, correspondem à satisfação com a visibilidade do condutor, o desempenho do motor, os travões, o desempenho na estrada e o conforto dos assentos.

Fiabilidade da marca

É calculada com base nos vários modelos avaliados. Este resultado é expresso numa escala de 100 pontos, com base na experiência dos inquiridos.

A avaliação inclui todas as versões e as gerações do modelo em causa. Os resultados são reagrupados e apresentados para cada modelo. Em cada resultado (fiabilidade, consumo, satisfação global e os outros 7 parâmetros) é possível abrir uma janela que indica o número de observações ou experiências de consumidores sobre as quais se baseia a pontuação.

A informação está reagrupada em 6 critérios:

  • marca do automóvel; 
  • tipo de combustível;
  • cilindrada;
  • número de quilómetros;
  • idade da viatura; 
  • caixa de velocidades (automática ou manual). 

Os resultados do comparador são filtrados ao selecionar um critério ou uma combinação de critérios.