Notícias

Poupe no cabaz de vinho ideal para oferecer no Natal

Início

À procura de uma boa prenda para oferecer a familiares, amigos ou até para si? Negociámos um cabaz com vinhos que passaram com distinção no nosso teste. Saiba como aproveitar o desconto.

  • Dossiê técnico
  • Sofia Mendonça
  • Texto
  • Laís Castro
05 dezembro 2018
  • Dossiê técnico
  • Sofia Mendonça
  • Texto
  • Laís Castro
vinho natal

iStock

Início

Um cabaz com várias bebidas é uma prenda de Natal interessante. E não é preciso ser um especialista em vinhos para escolher um bom cabaz, com preços vantajosos. Se é subscritor do Guia de Vinhos PROTESTE, tem um desconto de 15% em diferentes vinhos à venda na Garrafeira Nacional. Para obter a vantagem, consulte os vinhos do nosso cabaz. Em cada vinho encontrará um link direto para os resultados do teste. Clique nos links e, ao chegar à página de resultados, selecione o botão "Compre com desconto". A oferta é válida até 1 de janeiro de 2019 e apenas para as compras online. A partir de € 50, os portes de envio são gratuitos.  

Ver teste a vinhos 

 

Dicas para bem servir

Tire o melhor partido possível do vinho. Saiba qual a temperatura ideal para cada néctar.

  • Espumantes (incluindo champagne): 6ºC-8ºC.
  • Brancos jovens (incluindo verdes brancos): 8ºC-10ºC.
  • Brancos (incluindo verde Alvarinho): 10ºC-12ºC.
  • Licorosos (incluindo Porto e Madeira): 10ºC-12ºC.
  • Tintos jovens (incluindo verdes tintos): 12ºC-14ºC.
  • Porto vintage: 16ºC.
  • Tintos: 16ºC-18ºC.

Se o vinho estiver demasiado frio, o melhor será colocá-lo à temperatura ambiente, mas nem sempre é muito prático: o vinho demora algum tempo a atingir a temperatura desejada. Mesmo assim, não é aconselhável forçar o aquecimento recorrendo, por exemplo, a uma lareira ou a um radiador. Desta forma, haverá sempre partes do vinho que ultrapassarão a temperatura adequada. A imersão da garrafa em água quente (a uma temperatura próxima da desejável) permite obter bons resultados. O inconveniente deste método é o facto de o rótulo se molhar e poder descolar.

Se o que pretende é arrefecer o vinho, pode optar por colocar a garrafa no frigorífico ou num balde com água e gelo (método rápido e expedito). O inconveniente de utilizar o balde com água e gelo é que o vinho que se encontra no topo da garrafa não se mistura com o de baixo, de forma que o primeiro copo a ser servido pode não se encontrar suficientemente frio. Os rótulos também se molham.

Os preços mais em conta

Os subscritores do Guia de Vinhos têm acesso a todas as funcionalidades do teste online e da app DECO Vinhos. Incluímos novos vinhos espumantes brancos testados em laboratório. Pesquise e compare por cor, região, ano de colheita, marca, entre outros critérios. Nos resultados, apresentamos os preços recolhidos em centenas de lojas tradicionais e online.