Notícias

Os melhores vinhos tintos e brancos até 2 euros

Início

Está enraizada a ideia de que um bom vinho tem de ser caro. Quebramos o mito com alguns dos vinhos do nosso guia, brancos e tintos, que custam menos de 2 euros.

  • Dossiê técnico
  • Sofia Mendonça
  • Texto
  • Bruno Miguel Dias e Filipa Nunes
04 outubro 2018
  • Dossiê técnico
  • Sofia Mendonça
  • Texto
  • Bruno Miguel Dias e Filipa Nunes
vinhos 2 euros

iStock

Portugal é conhecido e reconhecido pela qualidade dos seus vinhos, alguns dos quais nem sempre com preços acessíveis, quer pela sua raridade, quer pela fama. Mas será que, para acompanhar a preceito um bom peixe grelhado no carvão ou uma típica posta mirandesa, temos de “abrir os cordões à bolsa”? A nossa seleção de brancos e tintos por menos de € 2 mostra que não. São vinhos que conseguiram uma Qualidade Global acima dos 75 por cento no nosso teste.

Quer viajar até às vindimas? As uvas são constituídas por elementos sólidos (o engaço, a película e as sementes) e líquidos (sumo ou mosto libertado pela polpa). É a fermentação alcoólica do sumo das uvas que dá origem ao vinho. De uma maneira geral, na produção de vinho tinto, a fermentação alcoólica realiza-se sobre o mosto em contacto com as partes sólidas, que lhe conferem cor e adstringência. Deste processo resulta um vinho de cor avermelhada, que será tanto mais intensa quanto mais tempo o sumo de uva estiver em contacto com as películas. Os vinhos tintos jovens são, geralmente, vermelho-arroxeados (violeta, rubi, granada). Os mais velhos podem apresentar-se alaranjados e acastanhados.

Já nos vinhos brancos, a fermentação realiza-se apenas sobre o mosto depois da prensagem. A cor dos vinhos brancos será tanto mais clara quanto mais jovem. O envelhecimento em casco de carvalho ou em garrafa escurece-o gradualmente. As tonalidades vão de quase incolor ao dourado, passando pelo amarelo-palha e pelo citrino (amarelo-esverdeado). Normalmente os doces, mesmo enquanto jovens, são mais escuros do que os secos mas a tendência para o castanho raramente é bom sinal.

O nosso teste analisa mais de 300 vinhos tintos, brancos e rosés. Compare qualidade, notas de prova e preço.

Ver teste a vinhos

 

Guia de Vinhos 2019 já está disponível

O Guia de Vinhos PROTESTE 2019 já está disponível para os subscritores. Esta edição é dedicada a 36 vinhos tintos da região vitivinícola de Lisboa. Entre outras informações, encontra ainda os resultados das análises e das provas de degustação a um total de 264 vinhos brancos e tintos de todo o País. Destacam-se pela excelente relação qualidade-preço.

O Guia de Vinhos PROTESTE é uma ajuda preciosa para descobrir, entre os vinhos nacionais mais vendidos, aqueles que se distinguem pela boa relação entre a qualidade e o preço. Para isso, os vinhos são submetidos não só às provas de degustação habituais, mas também a análises laboratoriais que permitem avaliar a sua composição. Todos os vinhos são adquiridos, de forma anónima, em diversos pontos de venda, e é feito um levantamento dos preços mínimos e máximos efetivamente praticados.

vinhos 2 euros

O Guia de Vinhos PROTESTE 2019 tem uma análise dedicada a 36 vinhos tintos da região vitivinícola de Lisboa.

 

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.