Notícias

Bons vinhos brancos alentejanos até 5 euros

Início

Para o fim de verão, selecionámos três vinhos brancos alentejanos com preços mínimos inferiores a 5 euros e boas avaliações nos nossos testes.

  • Dossiê técnico
  • Nuno Lima Dias e Susana Costa Nunes
  • Texto
  • Sofia Frazoa e Laís Castro
03 setembro 2019
  • Dossiê técnico
  • Nuno Lima Dias e Susana Costa Nunes
  • Texto
  • Sofia Frazoa e Laís Castro
casal a beber vinho branco

iStock

Com praias selvagens e planícies a perder de vista, o Alentejo tem uma assinalável riqueza cultural e gastronómica, definitivamente marcada pelo vinho.

No mapa da região alentejana vê-se um território extenso e quase sempre plano, apenas interrompido por pequenas serras e elevações, retalhado por pequenos cursos de água.

No que a vinhos diz respeito, sobressai uma vasta área que abrange os distritos de Beja, Évora e Portalegre para vinhos com Indicação Geográfica (Vinho Regional) Alentejano. Existem, também, 8 zonas geográficas bem definidas que se destinam aos vinhos que têm Denominação de Origem Alentejo.

Apesar de os vinhos com Indicação Geográfica Alentejano pertencerem a uma classe teoricamente inferior (com maior área de produção, maior número de castas autorizado, teor alcoólico exigido menor, entre outros aspetos), estão a par dos que têm Denominação de Origem Alentejo. Por isso, estas designações não devem ser um critério de escolha na altura de comprar um vinho. 

mapa do alentejo

 
A Indicação Geográfica e a Denominação de Origem não devem ser o principal critério de escolha de um vinho alentejano.
 

Existem, ainda, vinhos com designativos como Colheita Selecionada, Escolha, Premium, Reserva ou Superior (citando apenas os brancos alentejanos testados). Todos os designativos são oficiais e estão destinados a vinhos com características organoléticas destacadas. Mas, também neste caso, não representam uma garantia de qualidade.

 Ver teste a vinhos

Mais caro também não significa, forçosamente, melhor. Entre os quarenta brancos alentejanos testados, o Tapada das Lebres 2018, por exemplo, apresentou o preço mínimo mais alto: 12,99 euros. O Intensos 2018, que faz parte da seleção que apresentamos, tem qualidade idêntica e encontra-se à venda a partir de 3,59 euros. Tal representa uma diferença de €9,40 por garrafa, ou seja, com o valor do primeiro vinho é possível comprar 3 garrafas do segundo vinho.  

A seleção de vinhos brancos alentejanos que apresentamos é composta por Vinhos Regionais e apenas um ostenta um designativo de qualidade.

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.

Início

Exclusivo subscritores

Experimente já durante 2 meses por apenas €2

Além do acesso ilimitado ao portal, tem mais de 50 juristas ao seu dispor, o cartão DECO + para descontos imediatos e revistas com estudos independentes.

Se já é nosso subscritor, faça login.


Subscrever