Notícias

Bons brancos do Douro por menos de 4 euros

Início

Os vinhos brancos do Douro que testámos têm lugar numa boa garrafeira. As nossas propostas mais baratas custam menos de 4 euros. Siga as dicas para conservar e servir.

09 novembro 2017
Bons brancos do Douro por menos de 4 euros

João Ribeiro

Considerada por muitos a “terra do vinho”, a Região Demarcada do Douro dá origem a bons paladares. Testámos 40 vinhos brancos com denominação de origem Douro. Sugerimos três brancos, dois dos quais estão à venda por menos de 4 euros.

O Douro encontra-se, em parte, classificado como património mundial da humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Das encostas abruptas e dos socalcos, são extraídos alguns dos mais conceituados vinhos produzidos no País. No caso das castas brancas, destacam-se as Gouveio, Malvasia-Fina, Malvasia-Rei, Rabigato, Síria e Viosinho.

Se é subscritor do Guia de Vinhos, registe-se no site para ver os resultados completos do teste a mais de 300 produtos. Os subscritores têm acesso a todas as funcionalidades do teste online e da app DECO Vinhos: podem pesquisar por cor (tinto ou branco), região, ano de colheita, marca, entre outros critérios. Apresentamos ainda os preços recolhidos em centenas de lojas tradicionais e online.

Comprar, conservar e servir

  • Prefira comprar os vinhos em estabelecimentos onde as condições de armazenamento permitam ser mantidos à temperatura adequada. As garrafas devem estar deitadas e ao abrigo da luz.
  • Leia o rótulo para confirmar que se trata mesmo do vinho que quer comprar. Por exemplo, preste atenção ao ano de colheita e lembre-se de que designações como "Reserva" nem sempre são garantia de qualidade.
  • Tenha em conta que nem todos os vinhos aguentam o mesmo tempo de espera. Se deseja ter algumas garrafas de reserva, guarde-as num local escuro, onde a temperatura seja constante, de preferência entre 12ºC e 14ºC (uma cave, por exemplo). As oscilações de temperatura não devem ser superiores a 4 ou 5ºC. A ventilação deve ser adequada e o local não deve ser muito húmido, para não aparecerem bolores que danificam os rótulos e as rolhas.
  • Mantenha as garrafas deitadas. Se não puder guardar o vinho desta forma, compre apenas as garrafas que vai usar brevemente.
  • Sirva os brancos a uma temperatura que ronde os 10-12ºC. Para obtê-la, pode colocar a garrafa no frigorífico. Se esta estiver à temperatura ambiente, serão necessárias cerca de duas horas para que fique à temperatura ideal. A partir de € 2 encontra bons termómetros para medir a temperatura do vinho.
  • Os mais ortodoxos defendem que os vinhos brancos devem acompanhar peixe ou marisco, enquanto os tintos são para os pratos de carne. Não somos adeptos de regras tão rígidas. O mais importante é o vinho ser apreciado por si e pela sua companhia.

Imprimir Enviar por e-mail