Notícias

Carne picada e hambúrgueres: controlo aperta após o nosso teste

24 março 2017
Hambúrgueres e carne picada

24 março 2017
A Comissão de Segurança Alimentar, da qual a DECO faz parte, delineou um plano para controlar a qualidade da carne picada e hambúrgueres que se vendem nos talhos: mais informação e fiscalização mais apertada.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária vão reforçar a fiscalização aos talhos. Condições de higiene, temperaturas de conservação e utilização de aditivos, como os sulfitos, entre outros, vão estar debaixo da vigilância das autoridades. 

Folhetos com informação detalhada sobre a conservação da carne picada vão estar à disposição do consumidor e dos talhos, para que a carne picada e os hambúrgueres sejam vendidos, conservados, manipulados e confecionados da melhor forma. Em casa e no talho, a carne picada crua deve ser conservada no frio, a 2ºC. A lei é clara em aspetos como a temperatura de conservação, mas, da teoria à prática, vai uma grande distância, como ficou claro no nosso estudo. Recorde-se que, em 25 hambúrgueres de vaca comprados em talhos, apenas quatro passaram no critério da conservação e higiene e, pior, só dois estavam conservados à temperatura correta. Os sulfitos, na maioria dos casos, foram utilizados sem a lei o permitir.

Decisões tomadas, avaliação no final do ano

"Passámos da barreira da mera discussão para o campo das decisões e das medidas. É a primeira vez que há um resultado prático e não apenas uma discussão, e isso é muito importante", salienta Dulce Ricardo, coordenadora do nosso departamento de alimentação. Bruno Santos, das relações institucionais, afirma: "No final deste ano, através dos resultados dos controlos oficiais, veremos se será necessário avançar com medidas mais duras". 

A criação do referido subgrupo da Comissão de Segurança Alimentar foi pedida pela DECO na carta de apresentação dos resultados do estudo à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica.  


Imprimir Enviar por e-mail