Notícias

A tábua e os utensílios de cozinha devem ser de madeira ou plástico?

O plástico é mais fácil de limpar e desinfetar do que a madeira. Mais importante do que o material, é manter a tábua e a colher de pau limpas.

04 outubro 2019
cozinha

iStock

A lei determina que os utensílios em contacto com os alimentos devem ser fabricados com materiais adequados e mantidos em bom estado de conservação para evitar qualquer risco de contaminação. Por essa razão, aconselha-se a utilização de utensílios de plástico ou silicone. Mas, mesmo que sejam de madeira, o mais importante é que estejam bem limpos e mantidos. 

As tábuas de corte estão entre os utensílios de cozinha mais usados. As de madeira são mais porosas e, por isso, podem mais facilmente absorver parte da humidade e dos microrganismos, que ficam à superfície nas tábuas de plástico. Depois de cada utilização, deve limpar bem as tábuas com água muito quente e detergente. Caso sejam lavadas à máquina, deve fazer uma pré-lavagem à mão. Antes de guardá-las, deixe-as secar bem e deite-as fora se estiverem danificadas.

Uma forma de evitar a passagem de bactérias de um alimento cru para alimentos que já foram cozinhados ou que estão prontos a comer é utilizar, por exemplo, tábuas de corte diferentes para a carne crua e para a carne cozinhada. Os microrganismos não têm cheiro nem cor, o que torna impossível detetá-los. Por isso, a prevenção é essencial, mantendo a cozinha limpa e arrumada, com os utensílios impecáveis. 

Tal como as tábuas de corte, também existem colheres de diferentes materiais. É habitual aconselhar-se a utilização de colheres de plástico ou de silicone porque são mais fáceis de lavar e desinfetar. No entanto, desde que se encontrem em perfeito estado de conservação, não há nenhuma proibição para utilizar colheres de pau. Para a limpeza, use o mesmo processo das tábuas de corte.

Como evitar contaminações na cozinha

Para evitar contaminações, há vários hábitos que pode adotar:

  • limpe o exaustor e substitua o filtro regularmente, caso não seja possível lavá-lo;
  • deixe a loiça a secar ao ar. É menos higiénico usar panos da loiça que, muitas vezes, não estão bem limpos;
  • antes e depois de preparar alimentos, lave os utensílios e as superfícies com água muito quente e detergente e seque-os cuidadosamente;
  • remova os restos de comida da loiça antes de a colocar na máquina e limpe regularmente o filtro da máquina;
  • o caixote de lixo deve estar bem fechado e, de preferência, ser de pedal. Esvazie-o com regularidade e lave-o com água e detergente;
  • a caixa de areia do gato, os pratos e a cama dos animais de estimação não devem estar na cozinha.

Os panos e esfregões usados na cozinha também devem ser bem limpos. Depois de cada utilização, elimine os restos de comida, lave o pano ou esfregão, escorra-o e deixe secar. Como método desinfetante adicional, junte umas gotas de lixívia em água e coloque os panos de molho, pelo menos, durante 5 minutos. É importante deixar o pano aberto para evitar que a humidade se acumule.

Renove os panos e esfregões com frequência, pois quanto mais desgastados estão, mais propensos serão a acumular bactérias. Use panos distintos para cada divisão da casa e guarde-os em sítios diferentes.

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.