Notícias

Fiambre de peru: pouco calórico, mas muito salgado

Sal, água e amido são três ingredientes que encontrámos em excesso no fiambre e nas fatias de peito de peru. E desengane-se se pensa que o fiambre de aves é melhor para manter a linha.

25 janeiro 2018
fiambre

Thinkstock

O fiambre ou as fatias do peito de peru são uma tendência e concorrem com o tradicional fiambre de porco. Testámos 20 marcas para conhecermos a composição e a qualidade microbiológica. Conheça os resultados completos.

Ao nível da higiene e da conservação, nenhuma marca acusou problemas. Já o excesso de sal é um problema transversal. Embora contribua para a conservação, os exageros são contraindicados. O sal é responsável por vários problemas de saúde. Considerando os valores estabelecidos no Reino Unido, os resultados revelam que o teor em sal dos produtos testados é demasiado elevado. Rico em proteínas, pobre em gorduras e pouco calórico, o fiambre pode ser mais interessante nutricionalmente se os valores de sal baixarem. Detetámos excesso de água e de amido. Ao adicionar-se água em demasia, aumenta-se o rendimento e evitam-se matérias-primas mais caras. Um produto com humidade em excesso é mais permeável a problemas de conservação. Encontrámos amido, que não está naturalmente presente na carne e que é desnecessário.

Face ao fiambre da perna extra, não há grandes diferenças, como pode ver na ilustração em baixo. O fiambre tradicional pode ser mais gordo, mas continua a ter pouca gordura e fornece quase as mesmas calorias: cerca de 96 kcal por 100 gramas. É um mito que o fiambre de aves é melhor para manter a linha.


Please fill the source and the alt text 
 
Os vários tipos de fiambre e o paio são, de longe, menos gordos do que, por exemplo, a mortadela de porco.