Notícias

Campanha De Olho no Rótulo contra excessos alimentares

Início

Gordura, açúcar e sal a mais têm consequências reais na saúde. Preparámos um cartão para ajudar a interpretar os rótulos de forma simples e rápida. Leve-o na carteira para fazer a escolha certa e saudável a qualquer hora. Siga também as nossas receitas.

03 outubro 2017
03 outubro 2017
Top banner

Compreende o que está escrito no rótulo do seu iogurte ou das suas bolachas favoritas? Os valores que lá constam correspondem aos teores de açúcar, gordura e sal, entre outros nutrientes. Mas como saber se estamos a consumi-los em quantidades aceitáveis? Olhar para o rótulo de um produto e interpretá-lo pode ser o passaporte para uma vida mais saudável. As más escolhas alimentares podem ter impacto sobre a saúde. Mas como escolher o alimento nutricionalmente mais equilibrado? Que informação se pode extrair dos valores que encontramos no rótulo? É a este tipo de dúvidas que pretendemos responder com a campanha De Olho no Rótulo.

Com a nova legislação sobre prestação de informação aos consumidores, passou a ser obrigatório incluir nos rótulos a declaração nutricional, onde consta, por exemplo, a quantidade de açúcar, gordura e sal. Temos um cartão que descodifica a declaração nutricional. Descarregue-o, imprima e arrume-o na carteira. Na hora de ir às compras, vai ser-lhe útil.

 

 
Através da quantidade por cada 100 gramas, no caso dos alimentos sólidos, as cores indicam se os valores de gorduras, açúcares e sal são aceitáveis ou excessivos.

 

 
Olhe para a quantidade de gramas por cada 100 mililitros, no caso de uma bebida, para conhecer os valores correspondentes de gordura, açúcar e sal. 

Como usar o nosso cartão

Como interpretar os valores quando vai consumir uma porção de alimento superior a 100 g? Compare os valores por porção e confirme se ultrapassam os limites do teor elevado indicado abaixo. 

Teor Gordura (lípidos)/porção Gordura saturada/porção Açúcares/porção Sal/porção
Elevado mais de 21 g mais de 6 g mais de 27 g mais de 1,8 g

Caso o produto não ultrapasse estes limites, compare os valores por 100 g indicados no rótulo com as cores do nosso cartão.  

Se vai consumir uma bebida superior a 150 ml, compare os valores por porção indicados no rótulo e veja se ultrapassam os limites abaixo indicados. 

Teor Gordura (lípidos)/porção Gordura saturada/porção Açúcares/porção Sal/porção
Elevado mais de 10,5 g mais de 3 g mais de 13,5 g mais de 0,9 g

Se não ultrapassar, olhe para os valores por 100 ml e compare-os com os indicados no nosso cartão. 

Há muito que defendemos uma informação nutricional na frente das embalagens, associada a um sistema de cores (como nos semáforos) que ajude os consumidores a fazer escolhas saudáveis. Um sistema deste tipo, onde se definiram limites associados a cada cor, foi primeiramente desenvolvido no Reino Unido, pelo Ministério da Saúde em colaboração com a Agência Alimentar do Reino Unido (FSA) e o Consórcio Britânico de Retalhistas. Esse sistema serviu de inspiração para o nosso cartão, onde indicamos a fonte.

Quase 6 em cada 10 portugueses, ou 5,9 milhões, são obesos ou já exibem características de pré-obesidade, segundo o último Inquérito Alimentar Nacional. A hipertensão arterial, com uma taxa de prevalência de 26,9%, de acordo com a Direção-Geral da Saúde, integra o grupo das doenças cardiovasculares com números inquietantes. Estas e outras doenças, como a diabetes, encontram-se ligadas ao excesso de açúcares, de gorduras (lípidos), de gorduras saturadas e de sal. Nas sociedades ocidentais, a incidência de doenças relacionadas com a alimentação está a aumentar devido à maior disponibilidade de comida hipercalórica e rica em sal, e ao sedentarismo. As patologias podem ser prevenidas com alterações no estilo de vida e na alimentação. A nossa ação ajuda-o a ver os rótulos com outros olhos. Para comer melhor, siga as nossas receitas para se manter em forma e as receitas para manter o coração saudável.

 

Imprimir Enviar por e-mail