Guia de compras

Cabrito e borrego: como escolher, conservar e preparar a carne

22 março 2019
Prato de cabrito com batatas e ramos de alecrim

As duas carnes são boas opções para fornecer vitaminas, proteínas e gordura. O peito de cabrito tem um valor calórico e um teor de gordura semelhantes aos do coelho. O borrego assemelha-se mais ao pato sem pele. 

Como consumir cabrito e borrego

O método de confeção de eleição do cabrito é o assado, mas é uma carne que também se presta a ser grelhada, guisada ou estufada. Seja qual for a forma de confecionar, privilegie o azeite mas tenha atenção às quantidades. Para reduzir a quantidade de gordura do cabrito, retire a gordura visível antes da confeção. Quando estiver cozinhado, elimine as peles ou partes queimadas antes de consumir.

A confeção do borrego depende das partes que selecionar. A perna, a mão ou pá, as costeletas do fundo e a sela podem ser assadas no forno ou grelhadas sem adicionar gordura. Da mesma forma, sem gordura, porque já têm um elevado teor em matérias gordas, deve cozinhar as costeletas do fundo e o pescoço. As costeletas do peito são indicadas para estufar, guisar, enrolar e ainda para caldos. As costeletas do pé, do peito e do lombo, assim como o carré e o lombo, servem para grelhar ou assar na frigideira.

Imprimir Enviar por e-mail