Eventos

Dia Mundial do Comércio Justo a 14 de maio

12 maio 2011

12 maio 2011

O comércio justo tem como objetivo o pagamento adequado dos produtos aos produtores desfavorecidos e excluídos dos países em vias de desenvolvimento do Sul.

Produtores e participantes do comércio justo - organizações não-governamentais sem fins lucrativos e importadores - acordam o preço justo previamente. Este inclui um prémio que permite aos primeiros investir nos sistemas de produção, em melhores condições de trabalho e no respeito ambiental.

O importador compra parte da produção aos produtores, possibilitando rendimentos mais elevados e a descoberta de novos mercados externos para evitar a dependência de um só comprador. A relação contratual duradoura entre as partes garante a estabilidade dos rendimentos dos produtores e o planeamento da sua atividade a médio e longo prazo.

O comércio justo favorece ainda a criação de novos processos produtivos. São vários os produtos de comércio justo, desde têxteis, a artesanato, instrumentos musicais a produtos alimentares comuns em Portugal, como café, arroz, chá, chocolate, cacau, especiarias e compotas.

produtos de comércio justo

Encontrar produtos de comércio justo
As lojas do comércio justo, além da venda de produtos, fornecem informações e desenvolvem atividades educativas de sensibilização. São lojas sem fins lucrativos, cujo funcionamento depende de trabalho de voluntários, o que restringe muitas vezes o horário de abertura ao público.

Também encontra estes produtos nalgumas cadeias de supermercados.

Lojas de Comércio Justo em Portugal:

Reconhecer produtos de comércio justo
Procure no rótulo a menção “comércio justo”, “fair trade” (o mais comum) ou “commerce equitable”.

Alguns rótulos de comércio justo, impressos na embalagem do produto, para ajudá-lo a identificar: