Dossiês

Peixe: conselhos para comprar e conservar

14 novembro 2019
Peixe: conselhos para comprar e conservar

Enquanto alimento fresco, o peixe altera-se rapidamente. Conheça os cuidados a ter na compra, manipulação e conservação.

Início

O peixe é considerado um alimento importante para o consumo humano, com reconhecido valor nutricional. É rico em proteínas de elevado valor biológico e a sua gordura, essencialmente insaturada, apresenta quantidades apreciáveis de ácidos gordos do tipo ómega 3, com efeito protetor cardiovascular. Destacam-se, ainda, algumas vitaminas do complexo B e D nos peixes gordos e minerais como fósforo, potássio, iodo e selénio.

Na roda dos alimentos está incluído no grupo das Carnes, Pescado e Ovos, géneros alimentícios que devem ser consumidos diariamente (1,5 a 4,5 porções). Uma porção corresponde a 25 g de carne ou pescado cozinhados, 1 ovo de tamanho médio (55 g) e 30 g de carne ou pescado crus.

O consumo de peixe é recomendado para todas as idades e importante para o desenvolvimento do feto e das crianças e para o sistema imunitário. O peixe, geralmente, é magro, com poucas calorias.

Como a oferta é ampla, com diferentes variedades de espécies e tamanhos, há possibilidade de fazer pratos muito diversificados. Algumas das espécies não são caras e ainda pode escolher entre pescado capturado e de aquicultura.

Fresco ou congelado, há algumas características que deve ter em conta ao comprar peixe. O peixe fresco deve ser consumido no dia da compra ou, quando muito, no seguinte, desde que guardado no frigorífico. Coloque-o na zona mais fria, nas prateleiras centrais.

Como saber que o peixe é fresco

Para conservá-lo por mais tempo, terá de recorrer à congelação (1 a 2 meses, nos peixes gordos, 3 a 4 meses, se forem magros).

Descongele o peixe em função do tipo de cozinhado. Se pretende cozer, não necessita de o fazer: coloque-o diretamente na água da cozedura, o que proporciona maior aproveitamento nutritivo, segurança e rapidez. Noutros casos, o peixe de espessura superior a três centímetros deve descongelar-se na embalagem, na parte de baixo do frigorífico durante algumas horas.

Se tiver pressa, pode colocar a embalagem em água fria (1 a 2 horas), mas mantenha-a bem fechada. Não tente acelerar o processo colocando o peixe diretamente na água, pois perderia alguns dos seus nutrientes. Nunca descongele o peixe em locais quentes (ao sol ou próximo de outra fonte de calor), para não alterar a textura, o sabor e o valor nutritivo.