Dicas

Pescada congelada: escolher e conservar

20 abril 2009

20 abril 2009

Para chegar a casa com peixe em boas condições, siga as nossas dicas.

• Verifique se há um termómetro na arca frigorífica da loja e de que a temperatura indicada não é superior a 18ºC negativos.
• A embalagem deve ser hermética, para evitar contaminações, deterioração e desidratação do pescado.
• O peixe deve ter a cor característica da espécie e estar envolto numa camada de gelo fina e homogénea. Se esta for grossa, pode esconder defeitos. As extremidades não devem estar secas ou amareladas.
• Se houver gelo solto dentro da embalagem, não compre. É sinal que o produto esteve sujeito a variações de temperatura e pode não estar bom.
• Deixe o peixe para o final das compras, junto com os restantes congelados. Transporte-o num saco isotérmico e guarde-o no congelador quando chegar a casa. Se pensa cozê-lo, não precisa descongelar. Mas tem de o fazer para outros tipos de preparação. Para tal, coloque o peixe no frigorífico, na prateleira por cima da gaveta das verduras. Em alternativa, descongele no microondas, sem deixar aquecer.
• Ao confeccionar, certifique-se de que as superfícies onde prepara o peixe estão bem limpas, para evitar contaminações.