Dicas

Comprar alimentos a granel: como escolher e guardar

30 junho 2014

30 junho 2014

As especiarias e os frutos secos e secados são alguns dos produtos cuja compra a granel compensa face à versão embalada. Para manter a frescura, é importante acondicioná-los bem quando chegar a casa.

À semelhança das tradicionais mercearias, alguns supermercados também já permitem comprar avulso produtos que, antes, só estavam disponíveis em embalagens. É o caso das especiarias, dos frutos secos e secados, das leguminosas e das gomas. Mas também dos chocolates e das bolachas (já os encontra em saquetas individuais), dos aperitivos (caju, pistácio, milho e amendoim), dos cereais, dos chás e cafés, das massas e das farinhas.

A venda destes artigos funciona em self-service. Pode dirigir-se aos dispensadores e servir-se da quantidade que quiser. É uma das maiores vantagens de comprar desta forma: o consumidor decide quanto quer levar para casa, ao contrário das embalagens, em que a quantidade é pré-definida. Assim, evita o desperdício e pode descobrir produtos que, de outra forma, não experimentaria.

O Jumbo, o Continente e o Intermarché são alguns dos supermercados que já adotaram esta estratégia de venda. Mas ainda não é prática corrente em todas as lojas nem para todas as categorias de produtos.

Avulso é mais barato
Comparámos os preços dos artigos a granel com os vendidos em embalagens. A tradicional dica de que “avulso é mais barato” confirmou-se em 65% dos casos. As maiores poupanças foram encontradas nas especiarias, nos frutos secos e secados, nos aperitivos e nas leguminosas. Ainda assim, é importante comparar sempre o preço por quilo da versão a granel com o artigo embalado.

Quando compra avulso, pode levar pequenas quantidades e, desta forma, evita ter os produtos em casa por muito tempo. A forma como vai conservá-los é determinante para manter a frescura e a validade. O acondicionamento varia consoante o tipo de alimento.

Leguminosas secas
Podem ser conservadas até 1 ano, desde que num local fresco, seco e longe da luz solar. Ao comprar, esteja atento ao aspeto dos grãos. Os que tiverem pequenos furos devem ser rejeitados.

As leguminosas secas demoram mais tempo a preparar do que as em conserva. O grão, por exemplo, deve ser demolhado em água fria durante 10 a 12 horas. Se colocar em água quente, amolece mais rápido, mas perde vitaminas. O tempo de cozedura varia entre uma a 2 horas e meia. Na panela de pressão, conte com 45 minutos. Já o feijão demora entre 45 a 60 minutos a cozer, após uma demolha de 12 a 16 horas. Na panela de pressão, fica pronto em 30 minutos. Após a cozedura, passe-o por água fria.

Frutos secos e secados
Ao comprá-los, confirme se têm a casca intacta e se não apresentam rachas, buracos ou manchas. Se preferir sem casca, certifique-se de que estão totalmente separados uns dos outros.

Os frutos secos devem ser guardados em local fresco e ventilado. Os mais gordos, como as amêndoas, rançam com facilidade. Por isso devem ser mantidos no frigorífico, dentro de um frasco hermético.

Os frutos secados têm de ser acondicionados num recipiente bem fechado para não ressecarem muito.

Ervas aromáticas e especiarias
Comprar em pequenas quantidades é a melhor opção para que estes produtos não envelheçam nas prateleiras da cozinha. Esteja atento ao cheiro, especialmente a bolor. Se chegar a casa e detetar um aroma desagradável, reclame junto do supermercado.

As folhas secas das ervas aromáticas devem ser conservadas em frascos herméticos e em local fresco, seco e escuro. Pode guardá-las durante um ano, no máximo. Ao usar, evite introduzir colheres húmidas no recipiente ou despejar as ervas diretamente em tachos fumegantes. O contacto com a humidade pode estragar estes temperos.

Chás
Verifique se o chá contém pequenos pedaços acastanhados de madeira e folhas muito trituradas, semelhantes a pó. Estas texturas são mais difíceis de dissolver e podem deixar partículas soltas na infusão, tornando menos agradável o saborear do chá.

Esteja também atento às folhas, avaliando a sua coloração. Se estiverem acinzentadas, significa que o chá é velho e esteve muito tempo armazenado. Além disso, folhas grandes são sinónimo de qualidade.

O produto deve ser guardado num frasco bem fechado, resguardado da luz e da humidade. Para que o aroma e o cheiro sejam bem preservados, a validade não deve ultrapassar os 3 anos.


Imprimir Enviar por e-mail