Dicas

Azeitonas: guia de compras

01 janeiro 2009

01 janeiro 2009

Nutritiva e saborosa,a azeitona exige uma escolha cuidada na compra, sobretudo quando vendida em granel. A falta de cuidados de conservação pode alterar o aspecto e o sabor.

Um fruto saudável
Como aperitivo ou acompanhamento, a azeitona é preferível, por exemplo, a batatas fritas ou a tiras de milho. Contém vitaminas A e E, bem como oligoelementos e sais minerais (sódio, potássio, cálcio, fósforo, magnésio e ferro). Como consequência da fermentação, é um fruto enriquecido em antioxidantes naturais. A polpa é composta, em média, por água (50 a 70%), gordura (15 a 30%), açúcares (4 a 10%), fibras (3 a 6%) e minerais (1 a 2%). Por 100 gramas, o seu valor energético ronda as 170 quilocalorias.

Podem ser adoçadas, ao natural, desidratadas ou enrugadas e oxidadas, consoante os tratamentos que recebem, cujo objectivo, entre outros, é eliminar o seu natural sabor amargo. Existem também várias formas de apresentação: inteiras, descaroçadas, recheadas, azeitona para salada, às rodelas, com alcaparra, pasta de azeitona, etc.

A azeitona preta oxidada, preparada a partir de frutos em estado de maturação intermédio (misto) é a mais popular, seguida da azeitona de cura natural. O tratamento térmico a que é sujeita garante-lhe condições de conservação num tempo razoável.

Escolher com qualidade

  • Verifique se as azeitonas embaladas estão imersas na salmoura. Só assim elas conservam todas as suas características. Qualquer que seja a embalagem, vidro ou plástico, é importante também prestar atenção ao aspecto do produto. Observe a homogeneidade da cor, a ausência de defeitos (como picadas, manchas, fissuras, etc.) e de pedúnculos e ainda a existência de materiais estranhos e fragmentos de caroço.
  • O uso excessivo de aditivos e processos deficientes de fermentação podem dar origem a várias anomalias, por exemplo, o sabor “a tremoço” e a “sapateira”, uma alteração microbiana que resulta num produto com reduzida capacidade de conservação.
  • Um local seco e fresco, ao abrigo da luz, é o ideal para guardar as azeitonas embaladas, com um prazo de validade bastante prolongado. Depois de aberta, a embalagem deverá ser guardada no frigorífico e consumida o mais rápido possível, para evitar as contaminações.
  • O rótulo deve conter o nome do produto (“Azeitona” ou “Azeitona de mesa”), a indicação do tipo de azeitona, a preparação e a forma de apresentação, a categoria, os aditivos alimentares e coadjuvantes tecnológicos, a indicação da origem e nome do produtor.
  • Se comprar azeitonas a granel, convém pô-las de imediato no frigorífico. Não compre mais do que a quantidade mínima indispensável. Coloque-as num recipiente com água e sal. Caso coloque um ovo nessa mistura e o mesmo vier à superfície, significa que a quantidade de sal é suficiente. Quando as consumir ponha-as em água para retirar o excesso de sal. Para realçar o seu sabor natural, retire as azeitonas do frigorífico antes de servir e deixe-as à temperatura ambiente.