Dicas

Atum em conserva: bom e barato

23 agosto 2010

23 agosto 2010

Face ao fresco, o atum enlatado é mais calórico. Já o teor em proteínas mantém-se. Pode consumi-lo uma vez por semana.

Poucos produtos são capazes de superar a rapidez de preparação e o preço do atum. Por pouco mais de € 1, obtém um prato fresco e rico, com uma combinação entre peixe, leguminosas (feijão frade cozido), ovo, cebola, alface e tomate. Integre-o na sua ementa semanal. De preferência, escorra o óleo da embalagem.

Mais do dobro das calorias

  • O atum é um produto com elevado conteúdo calórico, devido ao teor em gordura. Em 80 gramas, o valor energético é de 190 kcal, em média. No atum em conserva ao natural, o valor desce para 90 kcal por 80 gramas.
  • No atum fresco, o teor em gordura é baixo, mas elevado em conserva (15%), dado absorver parte do líquido de cobertura (óleo ou azeite). O teor em proteínas é elevado (25%) e de boa qualidade.

Dicas a conservar na loja e em casa

  • Na loja, e antes de abrir, certifique-se de que a lata de atum não está abaulada, amolgada, furada ou com manchas estranhas.
  • Não compre produtos expostos ao Sol ou em locais húmidos. Após abrir, certifique-se de que o atum tem o aspecto, cheiro e sabor característicos.
  • Se não consumir todo o conteúdo, coloque o resto no frigorífico em recipiente fechado, até 1 dia. Ao abrir a lata, o alimento deixa de ser uma conserva.
  • Guarde as embalagens em local fresco e seco. A humidade pode corroer a embalagem e o calor altera as características gustativas.

Imprimir Enviar por e-mail