Como testamos

Massas recheadas: como testamos

20 dezembro 2018
ravioli

20 dezembro 2018
Testámos massas recheadas com ricota e espinafres e com carne (tortellini e tortelloni). Nesta categoria, os produtos testados estão entre os mais consumidos.
Em laboratório, verificámos se o peso líquido correspondia ao anunciado e separámos o recheio da massa. Em média, as de ricota e espinafres apresentam 38% de recheio e as de carne 33 por cento.

Com base em análises de composição, calculámos o valor calórico: 270 kcal em média por 100 gramas. Na porção indicada pela maioria dos fabricantes, as massas recheadas poderão ser insuficientes para uma refeição principal. Uma dose de 125 gramas fornece pouco mais de 15% das calorias necessárias por dia, tendo em conta o valor de referência de cerca de 2000 kcal para uma mulher adulta moderadamente ativa. Sugestão: complete a refeição com uma boa salada, uma sopa ou sobremesa.

Para determinar se são equilibradas, determinámos a proveniência das calorias e verificámos se respeitam as recomendações para a quantidade de hidratos de carbono (45 a 60%), gordura (20 a 35%) e proteínas (10 a 15%), definidas pela Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos e a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Medimos o teor em ácidos gordos saturados. A OMS recomenda que estes não forneçam mais de 10% da energia, dado que existe boa evidência de que alguns aumentam o colesterol sanguíneo, sobretudo o designado mau colesterol, associado a doenças cardiovasculares.

A quantidade de sal é outro fator relevante. A ingestão excessiva está relacionada com um aumento da pressão arterial, cancro do estômago e doenças cerebrovasculares. A OMS aconselha uma ingestão diária inferior a 5 gramas, o equivalente a uma colher de chá. Com cerca de 1 grama de sal por 100 gramas, as massas apresentam valores um pouco excessivos. Ao ingerir uma porção de 125 gramas, tal como recomendado pela maioria das marcas, atingirá 25% do máximo preconizado. 

Em laboratório, realizamos análises microbiológicas, reveladoras da higiene e conservação: contagem de bolores, Enterobacteriaceae, E. coli, Clostridium perfringens, estafilococos coagulase positiva, Listeria monocytogenes e pesquisa de Salmonella spp. Dado tratar-se de um produto manipulado, o risco de contaminação pode ser elevado.

Verificámos a informação no rótulo. Deve facilitar uma escolha adequada e uma boa conservação. Os rótulos cumprem, mas alguns podem ser melhorados. A informação nutricional por 100 gramas esteve sempre presente, mas, na maioria, não estava por porção, mais prática para o consumidor. 

Um painel de consumidores avaliou a aparência, o odor, a textura e o sabor das massas. De ricota e espinafres ou de carne, todas agradaram.

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.