Notícias

Leite: um alvo a abater na nossa dieta?

01 março 2016
leite

01 março 2016

Devemos consumir 2 ou 3 produtos lácteos por dia. Leite sem lactose e bebidas de amêndoa, arroz, aveia, espelta e soja são alternativas para quem sofre de intolerância ao açúcar do leite.

Início

O leite é rico em nutrientes essenciais e devemos consumir 2 ou 3 produtos lácteos por dia. As dietas restritivas sem lactose estão na moda e os substitutos do leite (à base de soja, amêndoa, arroz ou aveia, por exemplo) enchem as prateleiras dos supermercados.

Se desconfia de que sofre de intolerância à lactose ou de alergia às proteínas do leite, informe-se junto do seu médico sobre outras fontes de cálcio e nutrientes indispensáveis, como proteínas, fósforo, zinco, vitamina A, B2, B12 e D.

O cálcio é essencial para a renovação e desenvolvimento do tecido ósseo e dos dentes, para a coagulação do sangue e a transmissão de impulsos nervosos. Deveríamos consumir diariamente 2 a 3 porções de laticínios (leite, iogurtes e queijo). Durante o crescimento, a gravidez e após os 60 anos, reforce a dose. Alguns produtos hortícolas, como os brócolos ou a couve portuguesa, também contêm cálcio. Por conterem oxalatos, a absorção pelo organismo é inferior ao cálcio veiculado pelo leite e derivados.

Se todos os dias de manhã fica indisposto ou com dores de barriga algum tempo depois de beber leite, relate a situação ao seu médico. Este pode recomendar-lhe exames de diagnóstico para confirmar a intolerância, antes de reduzir ou eliminar o leite e derivados da alimentação.

Quando a intolerância é permanente, o remédio é alterar os hábitos alimentares, suprimindo total ou parcialmente os produtos que contêm lactose, de acordo com a sensibilidade. Para a maioria dos intolerantes, basta substituir o leite. As restantes categorias, como iogurtes, chocolate e sobremesas, podem ter interesse para os mais sensíveis.