Testes: Primeira impressão

Samsung Galaxy Camera: nova máquina fotográfica adere ao Android

4 Setembro 2012
Samsung Galaxy Camera: nova máquina fotográfica adere ao Android

Depois da Nikon Coolpix S800c, a Samsung anunciou há poucos dias a sua primeira máquina fotográfica com sistema operativo Android. Desvendamos o equipamento. 

Há poucos dias, noticiámos o lançamento da Nikon Coolpix S800c, a primeira câmara com acesso às redes sociais, via Android. O recurso a este sistema operativo, aliado ao ecrã tátil, facilita a aprendizagem das funções e abre a possibilidade de aceder à Google Play Store, que disponibiliza um elevado número de aplicações.

Com acesso à Google Play Store, a Samsung Galaxy Camera apresenta várias aplicações. Com acesso à Google Play Store, a Samsung Galaxy Camera apresenta várias aplicações.

A nova Samsung Galaxy Camera promete muito e, a julgar pelas características anunciadas, arruma a Nikon a um canto. Possui um zoom de 21x, enquanto o da Nikon se fica pelas 10x.

O sensor é idêntico em ambas, com 1/2.3 polegadas e 16 Mp de resolução. Mas os valores anunciados de abertura máxima da objetiva são mais favoráveis face aos da Nikon: f/2.8-5.9 contra f/3.2-5.8. Logo, a objetiva da Samsung é mais luminosa.

Vem equipada com uma objetiva com abertura de f/2.8-5.9. Vem equipada com uma objetiva com abertura de f/2.8-5.9.

Além de georreferenciação, Bluetooth e Wi-fi, presentes nas duas máquinas, a Samsung Galaxy Camera inclui modem 3G e 4G. A memória interna é de 8 GB, face aos modestos 1,7 GB da Nikon.

O processador, com 4 núcleos e 1.4 Ghz de frequência, poderá permitir boa fluidez na utilização, bem como focagem rápida.

A Samsung Galaxy Camera apresenta um sistema automático de backups, para não perder nenhuma foto. Anuncia também que, devido ao ecrã de generosas dimensões e às ferramentas da versão do Android que utiliza, a edição de imagem será fácil de executar na própria máquina.

Uma promessa que parece interessante é a possibilidade de ver e fotografar, através de um smartphone, aquilo que a máquina está a enquadrar. Se funcionar corretamente, deixa de ser necessário, por exemplo, selecionar o disparador automático (self timer) e ir a correr para ficar na foto de grupo.
 
Resta saber se a qualidade fotográfica é mesmo superior à da Nikon Coolpix. Para já, temos duas certezas: vamos experimentar a nova Samsung esta semana, durante a IFA, a feira eletrónica de Berlim e, mais tarde, a máquina será testada de forma exaustiva no nosso laboratório.


Informação relacionada

A força de mais
de 400.000 associados
Subscreva 2 meses por apenas 2€
X