PIB per capita na União Europeia

Data da publicação: 06/01/2011

Uma medida da riqueza bastante utilizada é o produto interno bruto (PIB) per capita. Este indicador económico obtém-se dividindo o PIB pelo número de habitantes de um país, resultando, dessa forma, o valor da "riqueza" média de cada um.

No quadro, encontram-se os valores mais recentes divulgados para a União Europeia (UE). Os valores foram ajustados, tendo em conta o poder de compra em cada país. Isto é, reflete o custo de vida. E para melhor comparação assume-se que a média da UE é 100.

Em claro destaque, encontra-se o Luxemburgo. Contudo, os dados relativos a este país devem ser interpretados com precaução, pois o favorável regime fiscal e o elevado número de trabalhadores provenientes de outros países tende a distorcer o PIB per capita de um luxemburguês.

Em evidência pela negativa, está o percurso da Irlanda. Apesar de ainda manter um bom status, a crise dos últimos anos implicou uma queda de 147 para 127. De resto, no topo da tabela surgem sobretudo os países do norte da Europa, o que tem sido uma constante.

No caso de Portugal, apesar da ligeira subida nos três anos apresentados, o PIB per capita ainda está bastante longe da média europeia. O poder de compra de um português era, em 2009, de apenas 80% daquele de um cidadão “médio” europeu. Face a um espanhol, o poder de compra de um português é de 78% e somente 68% de um sueco, por exemplo.

Perto do meio da tabela aparecem pesos pesados como a França, Reino Unido, Itália e Espanha. Este facto não surpreende, porque são estas nações que, dado o seu peso, mais contribuem para a média (isto é, o valor 100). No entanto, a Alemanha distancia-se um pouco com 116.

Na parte inferior da tabela constam, sobretudo, os países que entraram mais recentemente na UE, nomeadamente as economias de Leste. De facto, os países mais pobres são a Roménia e a Bulgária, os dois mais novos membros da UE.

Produto interno bruto per capita

2007

2008

2009

Luxemburgo

275

280

271

Holanda

132

134

131

Irlanda

147

133

127

Áustria

123

124

124

Dinamarca

123

123

121

Suécia

125

122

118

Alemanha

116

116

116

Bélgica

116

115

116

Finlândia

117

118

113

R. Unido

116

115

112

Z. euro (16)

109

109

109

França

108

107

108

Itália

104

104

104

Espanha

105

103

103

UE (27)

100

100

100

Chipre

93

97

99

Grécia

91

93

93

Eslovénia

88

91

88

R. Checa

80

81

82

Portugal

78

78

80

Malta

77

77

79

Eslováquia

68

72

73

Hungria

62

64

65

Estónia

69

68

64

Polónia

54

56

61

Lituânia

59

61

55

Letónia

56

56

52

Roménia

42

47

46

Bulgária

40

44

44

Fonte: Eurostat

Descubra o portal e a newsletter PROTESTE INVESTE,
com informação atualizada e detalhada sobre finanças e investimento.
Grátis, rápido e fácil de consultar!

Durante um mês, beneficie gratuitamente de todas as vantagens
da subscrição da PROTESTE INVESTE:
Acesso ilimitado ao portal financeiro
Acesso à linha de investimento
1 número da PROTESTE INVESTE mensal
4 números da PROTESTE INVESTE semanal

Conteúdo reservado para subscritores X

Vantagens exclusivas

  • Conselhos isentos
  • Avaliação de produtos financeiros
  • Carteiras de ações e de fundos

"Sigo os conselhos da Proteste Investe e, este ano, estou a ter uma rentabilidade de 5% na minha carteira de investimento."