Imposto extraordinário: quanto recebe a menos no subsídio de Natal

Data da publicação: 20/07/2011

Trabalhadores dependentes e pensionistas vão receber o subsídio de Natal emagrecido. Restantes contribuintes só pagam em 2012. Use o nosso simulador para calcular o corte no subsídio e o acerto no IRS.

O Governo criou um imposto extraordinário de 3,5%, que incidirá sobre todos os rendimentos obtidos em 2011 e incluídos na declaração de IRS a entregar em 2012. São assim abrangidos os rendimentos provenientes do trabalho por conta de outrem e independente, prediais, de pensões e de mais-valias. De fora, ficam os rendimentos de capitais (sujeitos a taxas liberatórias), como juros de depósitos e dividendos de ações.

Esta taxa extraordinária será aplicada ao rendimento coletável dos contribuintes, ou seja, à diferença entre os rendimentos brutos e as deduções específicas de cada categoria. Estão excluídos os montantes de cada contribuinte até ao valor anual do salário mínimo, € 6790 (€ 485 x 14). E quem tem filhos terá uma redução, pois ao valor do imposto extraordinário serão deduzidos € 12,13 (€ 485 x 2,5%), por cada dependente.

O nosso simulador calcula quanto será retido do seu subsídio de Natal e o montante que efetivamente terá de pagar.

 

Empréstimo de Natal

Os trabalhadores por conta de outrem e os pensionistas terão de pagar adiantadamente este imposto: parte do seu subsídio de Natal será automaticamente retida pelas entidades que o pagam e entregue ao fisco até 23 de dezembro. Ao valor líquido do subsídio são subtraídos € 485, e a essa diferença descontados 50 por cento. Por exemplo, um trabalhador por conta de outrem com um subsídio líquido de € 1050 receberá apenas € 765,50, menos € 282,50 (€1050 - €485 = € 565 e € 565 x 50% = € 282,50).

Como o montante retido corresponderá, para a maioria dos contribuintes, a mais do que 3,5% do seu rendimento coletável, será necessário fazer um acerto de contas na liquidação do IRS em 2012. Quem pagou a mais, será re-embolsado pelo fisco. Nalguns casos, o valor adiantado neste Natal será devolvido na totalidade. É o caso dos reformados com pensões até € 910 brutos e dos trabalhadores dependentes com salários até € 778 brutos.

 

Independentes, rendimentos prediais e mais-valias taxadas em 2012

Como os rendimentos das categorias B, G e H não incluem subsídio de Natal, os contribuintes que os auferem só contribuirão no próximo ano, na altura em que o seu IRS for apurado. Para ter uma ideia de quanto irá pagar, faça as contas no nosso simulador.

Descubra o portal e a newsletter PROTESTE INVESTE,
com informação atualizada e detalhada sobre finanças e investimento.
Grátis, rápido e fácil de consultar!

Durante um mês, beneficie gratuitamente de todas as vantagens
da subscrição da PROTESTE INVESTE:
Acesso ilimitado ao portal financeiro
Acesso à linha de investimento
1 número da PROTESTE INVESTE mensal
4 números da PROTESTE INVESTE semanal

Conteúdo reservado para subscritores X

Vantagens exclusivas

  • Conselhos isentos
  • Avaliação de produtos financeiros
  • Carteiras de ações e de fundos

"Sigo os conselhos da Proteste Investe e, este ano, estou a ter uma rentabilidade de 5% na minha carteira de investimento."